quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Facisa discute ensino-aprendizagem na Nutrição.



Por Kayllani Lima Silva de Agecom/UFRN




Com a finalidade de compartilhar vivências e metodologias de ensino-aprendizagem no campo da Nutrição, a Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa) promove a primeira edição do Encontro Nacional de Monitorias em Nutrição (EnaMon). O evento deve acontecer no dia 31 de março e se estende até 1º de abril deste ano. Além dos docentes, técnicos e discentes vinculados aos cursos de Nutrição da UFRN, a ação busca atrair profissionais da área externos à Universidade. As inscrições vão até 25 de janeiro e devem ser realizadas via Sigaa, na página da ação. 


A expectativa é de que o EnaMon estimule a articulação entre docentes e alunos da monitoria acadêmica em Nutrição — que consiste no desenvolvimento de atividades didáticas pelo estudante  sob a orientação do professor — e ainda abra espaço para reflexões em torno da importância dessa prática para o ensino. Fernando César Rodrigues Brito, doutor em Biotecnologia e coordenador do projeto, destaca a importância da instituição ter a preocupação com o estímulo de iniciativas que favoreçam a formação dos alunos. 


Ele observa que a oferta de atividades acadêmicas é um processo que começa dentro da universidade, sendo essencial para fortalecer as práticas de Nutrição mediante o conhecimento articulado entre professores e alunos de variadas instituições. “A gente fica pensando em como essas práticas acontecem fora da nossa bolha. Nós queremos ter uma visão global da monitoria em Nutrição”, complementa, em referência à necessidade da Facisa, localizada no município de Santa Cruz (RN), alcançar perspectivas para além dos seus muros.


O EnaMon conta com carga horária de 12 horas e se divide em palestra de abertura, apresentação de trabalhos e divulgação das melhores pesquisas discutidas. Os estudos submetidos pelos alunos precisam atender a dois critérios: conter a assinatura do supervisor de monitoria e estar de acordo com a formatação da ABNT. Os estudantes interessados têm até o dia 15 deste mês para enviar suas propostas por meio da página do projeto. O prazo de inscrição para avaliadores antecede ao dos discentes,  finalizando no dia 10 de janeiro. 


Para Fernando, ações e pesquisas de extensão são primordiais no processo formativo, uma vez que é preciso sair do achismo e adentrar o embasamento científico. O professor esclarece que hoje a Facisa apresenta essas atividades em variados cursos.  No campo da Nutrição, em especial, ressalta que há uma passagem por diversos segmentos de estudo, como a Biotecnologia, Bioquímica e Anatomia Humana. Diante disso, enfatiza a importância do Encontro ser um evento aberto às comunidades externas e aos contribuintes no desenvolvimento da aprendizagem em Nutrição.



Nenhum comentário:

Postar um comentário