terça-feira, 5 de fevereiro de 2019


Doses de vacinas contra a febre aftosa serão reduzidas.


A partir de maio, produtores rurais deverão reduzir as doses de vacinas contra a febre aftosa em bovinos e bubalinos dos atuais 5 ml para 2 ml. Com a mudança, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) espera diminuir a ocorrência de reações nos animais, tais como inchaços e caroços. Além disso, a medida vai facilitar o transporte do produto e reduzir custos de refrigeração, já que os frascos serão menores do que os utilizados atualmente.

A imunização de todo o rebanho bubalino e bovino deve ser realizada no primeiro semestre, na maior parte dos estados brasileiros. As exceções são Acre, Espírito Santo, Paraná – onde as doses devem ser aplicadas em maio, somente em animais com até 24 meses de idade – e Amapá, que segue um cronograma específico. Nesses locais, a vacinação de todo o rebanho será feita no segundo semestre. O calendário completo de vacinação contra a febre aftosa pode ser conferido no site do Mapa.


Fonte: Governo do Brasil, com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Nenhum comentário:

Postar um comentário